Cursinho do Instituto Sol, que prepara os jovens para o Ensino Médio, chega a reta final

Postado em:
13/10/21

Todos os anos, o Instituto Sol abre as portas para pelo menos 50 alunos da rede pública se prepararem para os exames de ingresso ao Ensino Médio nas ETECs e em escolas particulares de excelência, como o Colégio Bandeirantes e o Colégio Santa Cruz, parceiros do Sol. Os candidatos estão estudando desde o mês de maio para as provas que acontecerão no final do mês de outubro, buscando a aprovação nas 11 vagas disponibilizadas pelos colégios parceiros. Os aprovados serão os novos Jovens Sol.

Por conta da pandemia, o ensino público foi muito afetado, segundo os dados da Unicef, cerca de 5,5 milhões de crianças e adolescentes não tiveram acesso à educação no Brasil durante o primeiro ano da pandemia da Covid-19. Assim, o cursinho foi muito importante para os alunos aprenderem novos conteúdos que ficaram pendentes nas escolas, bem como revisar outros. 

A estudante Thayná Caparroz, compartilha que, infelizmente, há matérias que não foram abordadas  na escola e que o cursinho possibilitou seu desenvolvimento: “Durante o cursinho estudei o Teorema de Pitágoras e o Teorema de Zorro, gostei muito, pois são temas que eu aprendi com muita facilidade. Quando perguntei para a  minha professora da escola, se aprenderíamos algo parecido, ela afirmou que por conta da pandemia, não conseguiríamos estudar muitos assuntos, dentre eles os teoremas”. Neste momento, percebemos o grande diferencial do cursinho na vida destes 50 jovens. 

As aulas de português e matemática, são ministradas por professores do Instituto Singularidades e por ex-alunos do Colégio Santa Cruz, orientados por coordenadores do colégio, no que chamam de Projeto Ipê. Além disso, é oferecido aos candidatos, um curso opcional de inglês, em parceria com a ONG English for All

"O Instituto Sol foi a melhor coisa que aconteceu comigo este ano, a oportunidade veio no momento certo”, relata Sofia Benício, aluna do cursinho que também teve seu desenvolvimento acadêmico impactado pela pandemia. “Graças ao cursinho tive a chance de aprender vários assuntos novos, relembrar outros e tirar dúvidas. Os professores possuem uma metodologia incrível, com aulas divertidas e didáticas, os alunos são muito participativos e todos empenhados em aprender”.

A diretora Executiva do Instituto Sol comenta a emoção de ver os jovens empenhados e dedicados no curso: “O que acho mais incrível durante o cursinho é perceber o quanto os alunos não sabem o quanto sabem. Na maioria das vezes os talentos desses jovens, são tão desperdiçados, por falta de recursos, ou até mesmo, por falta de aulas na rede pública, que eles se convencem de que não são capazes. Durante esses 5 meses, focamos muito no aumento da autoestima destes jovens, para que se sintam encorajados e com garra para alcançarem seus objetivos”.

Todos os anos, o Instituto Sol aguarda ansiosamente pelos exames de ingresso dos colégios parceiros, pois sabe a diferença que faz na vida destes jovens, o apoio do Sol e o acesso à educação de qualidade. 

Desde 2018, foram mais de 200 jovens de baixa renda impactados, sendo que  20% aprovados no Instituto Sol, 40 %  em ETECs Centro Paula Souza e 28% em outros programas de bolsas, como os do Colégio São Luiz e Porto Seguro. Os 13% que permaneceram nas redes públicas tiveram um grande aumento no seu desempenho escolar. 

Atualmente, são 39 jovens apoiados pelo Instituto Sol com acesso ao ensino médio de alta qualidade, ensino superior em instituições de primeira linha, e mentoria durante o primeiro ano no mercado de trabalho.

Evolução dos jovens apoiados.

Artigos relacionados

Instituto Sol é uma das três ONGs escolhidas como beneficiárias no Charity Day

A BGC Liquidez, promoveu no mês de setembro o Charity Day e escolheu três ONGs brasileiras para receber doações

Ler artigo completo →

Cursinho do Instituto Sol, que prepara os jovens para o Ensino Médio, chega a reta final

Os candidatos compartilharam um pouco da experiência dos 5 meses de cursinho.

Ler artigo completo →

Jovens Sol retomam as aulas presenciais

Após decreto, escolas devem retomar aulas presenciais e alunos ficam mais motivados a estudar.

Ler artigo completo →

Faça parte do SOL